Hidratação em Atividade Física de longa duração (Outdoor) – Avaliação de Garrafas térmicas

Você sabia que a performance durante a atividade física está diretamente relacionada à temperatura da água que ingerimos?

Isso ocorre porque líquidos frios restauram mais efetivamente o equilíbrio de fluidos em nosso corpo; aumentam a palatabilidade da bebida (o que nos faz ingerir uma quantidade maior do que quando a mesma está quente) e; são mais eficientes em reduzir a temperatura corporal.

A recomendação do Colégio Americano de Medicina Esportiva é que durante a atividade física a água ingerida deva estar entre 15°C e 22 °C.
Nesse link (https://onlinelibrary.wiley.com/doi/full/10.1111/sms.12366) há um artigo que detalha de modo cientifico essa questão, utilizando muitas referências bibliográficas.

O problema é que nas atividades outdoor (especialmente as de longa duração) o Sol e, principalmente, o vento, fazem com que aquela água geladinha (ou mesmo congelada) que armazenamos nas garrafinhas fique em temperaturas dignas de um chá após pouco tempo.

Para resolver a questão, diversas empresas projetaram garrafinhas térmicas compactas e leves, destinadas a esportistas.

No Brasil, as principais marcas são: Camelbak, Polar, Contigo e Stanley. Podem ser facilmente encontradas em lojas de ciclismo e esportes de aventura.

Camelbak e Polar são marcas muito difundidas entre ciclistas e corredores. Leves e estilizadas (quase gourmet).

Contigo e Stanley são mais famosas entres montanhistas e praticantes de camping. Robustas e feitas para durar.

Quando iniciei a viagem só tinha uma garrafa térmica (Stanley) que era também minha cafeteira e, por seu tamanho, não cabe no suporte da bicicleta. Assim, eu a carrego dentro do alforje (portanto protegida do vento).

As outras 3 garrafas eram de plástico, sem proteção térmica. Isso foi um grande transtorno nos primeiros dias, pois, mesmo congelando as garrafinhas, após 1 hora já estava bebendo água quente. Em alguns dias muito quente.

Isso fazia com que eu parasse muito para trocar a água, desperdiçando muito e, claro, gastando dinheiro para repor.

Outra questão era a insegurança quanto à água disponível. Eu sempre precisava de um povoado para reabastecer água a cada 40 km, no máximo.

Sentia muita dificuldade em beber água quente e, para piorar, sentia que não me hidratava a corretamente.

Assim, sempre que parava, acabava tomando quantidades enormes de água, que meu corpo não absorvia e, consequentemente, precisava parar para eliminar o excesso.

Assim que possível, gastei uma quantia grande de dinheiro e adquiri 4 garrafas térmicas: uma Polar Botle insulated oz (que acabei perdendo), uma Camelbak Ice (top de linha de ambas marcas) e, duas Contigo. Além disso, continuei com a térmica da Stanley.

Minhas garrafinhas

Todas essas garrafinhas podem armazenar até 3.2 litros de água, me garantindo autonomia mesmo em trechos sem povoados.

Prefiro carregar um peso extra e ter sempre uma reserva de água, especialmente gelada.

Disposicão das garrafinhas no quadro

Esse investimento melhorou significativamente a qualidade do meu pedal, reduziu meu desgaste e me deixou mais seguro, pois consegui me hidratar muito bem. Abaixo vou falar um pouco da minha experiência com essas garrafinhas.

Ainda que bonitas e leves, as caramanholas da Polar e da Camelbak não foram projetadas para garantir uma temperatura que eu considero agradável (ou palatável) acima de 2 horas de pedal. Ademais, são demasiadamente caras (R$ 180).

Após 2 horas de atividade é impressionante a diferença de temperatura da água armazenada em ambas para aquela que está na caramanhola “Contigo”. Nunca comparei com a armazenada na marca “Stanley”.

A marca Contigo me surpreendeu muito. Já bebi água gelada armazenada há mais de 6 horas mesmo em uma região de Sol escaldante e muito vento como o Sul do Pará. É a que possui a melhor relação custo/benefício (R$140).

Sobre a Stanley é difícil até dizer qualquer coisa de uma marca tão bacana. É minha garrafinha de segurança, quase nunca uso. Depois de 2 e até 3 dias de armazenamento, quando vou trocar a água, percebo que ela ainda está em uma temperatura agradável.

Claro que ela fica protegida do vento, mas mesmo assim acho muito boa. Por funcionar também como cafeteira, considero um equipamento muito bom para quem puder investir um pouco mais (R$340) e ter uma garrafinha de segurança que possa também armazenar líquidos quentes (diferentemente das demais, que apenas podem armazenar líquidos gelados).

Obrigado pela leitura.

Segue o link dos produtos que citei:

Garrafa Polar: https://polarbottle.com/product/bottles/insulated-sport-bike/zipstream-24oz/

Garrafa Camelbak ice: https://lojaam.com.br/garrafa-camelbak-podium-ice-610-ml

Garrafa Contigo: https://www.contigobrasil.com.br/copos-termicos/ashland-chill-gen.html

Garrafa Stanley: (https://www.stanley-pmi.com.br/produto/sistema-para-cafe-prepare-e-conserve-503ml-88088)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s