Humildade

A estrada tem me feito uma pessoa mais humilde. Muito mais. Além disso, tenho aprendido muito sobre como conversar com as pessoas.

Não tenho mais vontade de me demonstrar forte, firme e capaz. Busco mais empatia com as pessoas que encontro e sempre ser mais gentil.

Não faço isso como um esforço para ser uma pessoa melhor, mas especialmente porque espero tratar as pessoas com mais gentileza e respeito.

Hoje acho melhor deixar transparecer minhas fraquezas do que mostrar uma confiança ou capacidade que nem sempre são reais. Também acho que tenho sido menos vaidoso.

Sempre tive muita satisfação de ter uma bicicleta bacana, bonita, com bons componentes.

Evidentemente, um bom equipamento me garante segurança e velocidade. Mas é claro que existe muita vaidade nisso tudo.

Uma bicicleta bonita e bem equipada chama a atenção, desperta curiosidade e interesse das pessoas. Infelizmente, nem todas são bem intencionadas.

Em Xique Xique (BA) um motociclista me abordou na padaria, disse que era ciclista, mas nunca tinha visto uma bike como a minha.

Fiquei um pouco sem ação, mas expliquei a ele qual era a diferença da minha bicicleta para as demais e porque eu tinha escolhido viajar com um modelo como aquele (pneu fino, guidom curvo, quadro delgado).

Também na Bahia me perguntaram quanto custava minha bicicleta. Eu tentei fugir da resposta, mas com a insistência daquelas pessoas que estavam me recepcionando tão bem disse: “ah, custa baratinho, 800 reais”.

A resposta me assustou: “caramba! 800 reais é o preço da moto que eu quero comprar pra trabalhar como moto boy.”

Foi um choque para uma pessoa acostumada a uma cidade como Brasília, os preços ali praticados e o tipo de pessoa com as quais normalmente convivo.

Me senti péssimo por aquela resposta. A expressão “baratinho” pode ter muitos significados. Pra um milionário pode significar 10 mil reais, pra mim poderia ser 800 reais.

Para um vendedor de água auferir 800 reais em um mês, precisa vender, aproximadamente, 26 garrafinhas por dia (sem dia de descanso).

Depois refletindo, pude entender melhor o tamanho da diferença econômica de nosso país.

Outra coisa muito interessante que tenho percebido é a diferença entre pedir um desconto e perguntar qual seria o menor preço que seria possível praticar.

Quando pedimos um desconto, estamos dizendo: quero negociar, quero barganhar.

A mensagem está clara: eu posso pagar esse valor, mas será possível diminuir para que eu tenha algum ganho ou possa usar esse desconto pra tomar uma cerveja, por exemplo.

É uma postura um tanto soberba, altiva. Especialmente quando estamos falando com pessoas extremamente simples e que trabalham com margens de lucro pequenas.

Diferentemente, quando perguntamos qual o menor preço que seria possível vender um produto, descemos do pedestal de comprador,de negociador e passamos a encontrar um preço de equilíbrio.

De modo que a pessoa possa ser remunerada e que também possamos arcar com os custos de modo justo para ambos.

Em outras palavras, estamos dizendo: preciso desse produto, mas também preciso de comer mais tarde, me hospedar etc.

São sutilezas, minúcias. Mas ser mais humilde e respeitoso muitas vezes depende mais de um sorriso do que palavras.

Obrigado a todos por acompanhar.

Grande abraço

3 comentários em “Humildade”

  1. Nunca tinha parado para pensar sobre essa diferença entre “pedir desconto” e “menor preço possível”. Só de imaginar a situação, dá pra ter a sensação de uma interação de igual condição. Demanda bastante percepção de humildade mesmo. Obrigada por inspirar!

    Curtir

  2. Muito boa sua reflexão. Tenho um texto que trata exatamente do mesmo assunto guardado na gaveta para ser publicado algum dia. Parabéns pela viagem, que Deus lhe acompanhe sempre!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s